sábado, 16 de outubro de 2010

"Ponto de vista" (dedicado a todos os pós-modernos)

Na cidade de Taubaté,
à frente de um restaurante,
cruzei com um homem que puxava uma carroça (isso nos deveria soar estranho), carregando papelões
Do restaurante, saiu outro homem (ao que parecia, o dono do lugar), que disse: se quiser, pode pegar estes papelões na caçamba da minha caminhonete.
Vendo a cena, uma velha exclamou: que solidariedade!

Não sei... mas eu só via um homem carregando papelões.

Um comentário:

  1. ... um homem que puxava uma carroça com uma chave de (seu) carro pendurada em seu cinto (isso sim deveria soar estranho).

    ResponderExcluir