quinta-feira, 5 de maio de 2011

Sobre a arte de "invernar"

"Vai viaja foge daqui que a felicidade vai te atacar pela televisão" (Tom Zé)

Na cidade-mais-que-concreta inverna antes de outonear. O frio desponta subitamente sem respeitar as legalidades daqueles forasteiros que vieram por aqui se instalar e nem mesmo as dos que ao frio se acostumaram... As árvores congelam antes que as folhas comecem a cair e tudo o mais por aqui se precipita... eles se precipitam... e eu me precipito... o precipício...

Um comentário: